Início do conteúdo
Novos campi do IF Baiano vão atender os territórios do Litoral Norte e Agreste, Irecê e Piemonte do Paraguaçu
Última atualização: 09/02/2017 - 12:01 horas | Data de publicação: 20/09/2016 - 11:21 horas

Em maio de 2016, os Campi Alagoinhas, Itaberaba e Xique-xique do IF Baiano receberam autorização para funcionamento, dando continuidade ao Plano de Expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica  (Confira). Conforme o Plano de Desenvolvimento Institucional do IF Baiano, estes novos campi vem atender a região onde estão inseridos, através de cursos técnicos, graduações e pós-graduações.

Para isso, foi feito um estudo de demanda e são realizadas audiências públicas para definir, em conjunto com a comunidade, os cursos que serão ofertados. Em Alagoinhas, a audiência já foi realizada e apontou, para uma oferta inicial, os cursos: agroindústria (subsequente), agroecologia (integrado), física (licenciatura) e formação pedagógica (especialização) .(Saiba mais em  Audiência pública no Território Litoral Norte e Agreste Baiano)

“Iremos buscar uma participação direta junto as comunidades, órgãos públicos e privados visando atender as demandas por cursos e treinamentos. Em termos de oportunidades, buscaremos atender a grande demanda de jovens e adultos do Agreste e Litoral Norte Baiano, ofertando cursos gratuitos e de qualidade”, afirmou o diretor do Campus José Renato Mascarenhas.

A expectativa é que cada campi venha atender em torno 1500 alunos, com a inauguração das novas unidades. De acordo com o diretor do Campus Xique-xique, as obras foram paralisadas devido ao abandono da empreiteira vencedora da licitação, mas nova licitação foi realizada, em setembro, para conclusão das obras. “Entendendo os anseios e demandas da sociedade, aliado ao compromisso do IF Baiano com a educação, a gestão solicitou ao Estado e conseguiu a cessão de uma escola para desenvolvimento de suas atividades até a conclusão do campus”, disse o diretor do CampusXique-xique, José Alberto de Souza.

Para dar início as suas atividades nos territórios e atender as suas demandas, o IF Baiano tem oferecido os cursos de qualificação profissional (Formação Inicial e Continuada – FIC), alinhados com os perfis regionais.
(Saiba mais em IF Baiano oferece qualificação profissional em Alagoinhas, Itaberaba e Xique-xique ).

“O papel de um campusé contribuir com a formação de pessoas, desenvolver atividades didático-pedagógicas voltadas à realidade local, dialogar com os atores e entidades locais, setor privado e público em busca de fortalecer e consolidar as parcerias em busca do desenvolvimento participativo, em harmonia com a sociedade”, afirmou a diretora do CampusItaberaba, Delka de Azevedo.

As novas unidades oferecerão, além de salas de aula, biblioteca, auditório, refeitório, laboratórios de informática e multidisciplinar, unidades educativas de produção e a parte administrativa. A previsão é que o corpo funcional de cada campusconte com 70 professores e 60 técnicos-administrativos. (Veja Portaria nº – 246, de 15 de abril de 2016)

Para o professor da Rede Municipal de Xique-xique, Rodrigo Duarte, a expectativa é que o IF Baiano venha qualificar a mão de obra local, formando cidadãos críticos que atuem para melhoria da qualidade de vida do país.“No IF Baiano, os estudantes tem uma formação voltada para agroecologia e convivência com o semiárido. Além disso, através das ações de extensão, os futuros profissionais tem a oportunidade, através do ensino-aprendizagem, de disseminar formas sustentáveis para a comunidade local e/ou regional”, afirmou.

Fotos: Arquivo dos professores Carlindo Rodrigues, Delka Azevedo e Renato Mascarenhas

*Republicado do Blog Bem Baiano

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano – Campus Alagoinhas

Rua Manoel Romão, 150, Alagoinhas Velha.

Renato Mascarenhas (diretor-geral)
gabinete@alagoinhas.ifbaiano.edu.br
(75) 3422-6122
(75) 3421-4511

Ir para o Topo