Início do conteúdo
IF Baiano recebe visita de pesquisadores da EMBRAPA do Piauí
Última atualização: 14/05/2018 - 23:29 horas | Data de publicação: 14/05/2018 - 23:29 horas

Na tarde da última sexta-feira, 11/05/2018, o IF Baiano Campus Senhor do Bonfim recebeu a visita de dois pesquisadores da EMBRAPA Meio Norte que fica no Estado do Piauí. Os pesquisadores Dr. Luiz Carlos Guilherme (Unidade de Parnaíba) e Dr. Marcos Jacob de Almeida (Unidade de Teresina), ambos Zootecnistas, fizeram uma visita para tratar de diversos assuntos voltados a área de ensino, pesquisa e extensão.

Com a presença dos gestores do Campus, Profº Alaécio Santos Ribeiro (Diretor Geral), Profº Geraldo Caetano de S. Filho (Diretor Acadêmico), S. Eloivaldo Fagundes Pereira (Diretor Administrativo), Dustin Justiniano de Santana Fonseca (Chefe de Gabinete), Augusto Pontes Almeida (Geocampus) e os Coordenadores do projeto “Implantação e difusão do Sisteminha EMBRAPA na Região Norte da Bahia”, Profº Américo Fascio Lopes Filho e o Servidor Jaime José do Amaral Nepomuceno (ambos do IF Baiano) abordaram a possibilidade de firmar um Plano de Trabalho entre a EMBRAPA e o IF Baiano para desenvolver/ampliar/difundir a Tecnologia Sisteminha EMBRAPA.

O Sisteminha EMBRAPA é um sistema integrado de produção de alimentos que envolvem módulos de agricultura e pecuária em pequena escala, porém de forma contínua. Com foco, principalmente, para famílias em estado de vulnerabilidade alimentar, tem o objetivo de minimizar a fome no mundo. Dentre os módulos, o tanque de piscicultura de baixo custo e construído com estacas, varas, papelão, lona plástica e fitas de garrafas PET é o que mais atrai os produtores, tendo o mesmo a capacidade de armazenar apenas oito metros cúbicos de água, se produz cerca de 30 kg de peixe a cada 90 dias. O Sisteminha EMBRAPA já está em todos os Estados nacionais e em Gana, Uganda, Camarões, Tanzânia e Etiópia, na África.

Na reunião discutiu-se, ainda, implantar uma disciplina relacionada a esta tecnologia no Curso de Pós-graduação lato sensu em Desenvolvimento Sustentado do Semiárido com Ênfase em Recursos Hídricos que o IF Baiano oferta em Senhor do Bonfim e ofertar um curso de Formação Inicial e Continuada (FIC). Na área de extensão, se tratou da necessidade de reativar a Unidade Demonstrativa (UD) do Sisteminha EMBRAPA no Campus e implantar outras UD nas Escolas (Municipais e Estaduais) e na Zona Rural, Urbana e Periurbana dos municípios do Território.

Durante a reunião avaliou-se as UD que estão sendo implantadas nas comunidades de Alagadiço e Alvaçã no município de Campo Formoso (fotos abaixo). Em visita nessas áreas no período matutino, Dr. Luiz Carlos Guilherme ficou impressionado com o índice de aceitação do Sisteminha EMBRAPA pelos produtores desta região, chagando a 15%, e pontuou que em outros Estados e na África, este índice fica entre 1 e 3%.

“Acredito que o sucesso da equipe se deve ao apoio do IF Baiano para desenvolver esta tecnologia e, principalmente, a D. Rosineide, presidenta da Associação Comunitária do Povoado de Papagaio e Adjacências que nos convidou para palestrar em março de 2017. Ela está fazendo muito para a ampliação desta tecnologia no Território, coisas que muitos políticos não fazem”, provoca Profº Américo Fascio.

Já o outro Coordenador do projeto, S. Jaime Nepomuceno, complementa: “É um momento impar na contribuição do desenvolvimento da agricultura familiar, principalmente àquelas com restrição alimentar. Só tenho a agradecer a presença de Dr. Luiz Guilherme e Dr. Marcos Jacob de  Almeida que vieram nos visitar, prestigiar e incentivar nosso trabalho com esta tecnologia que será grandemente incrementada com o advento da posso da nova Direção do Campus e com o Plano de Trabalho entre a EMBRAPA e o IF Baiano”.

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano – Campus Senhor do Bonfim

Estrada da Igara, s/n - Zona Rural, Senhor do Bonfim - Bahia, CEP: 48970-000

Tel.: (74) 3542-4000
Diretor: Aécio José Araujo Passos Duarte
E-mail: gabinete@bonfim.ifbaiano.edu.br

Ir para o Topo