Início do conteúdo
Infraestrutura

O Campus Itapetinga tem uma área total de 105 hectare com uma vegetação típica da Mata Atlântica. 

Pavilhão Antigo:

08 salas de Aula, cada uma com 01 quadro branco com disponibilidade de 40 carteiras;

01 Laboratório didático para atender química, biologia, microbiologia;

01 Laboratório didático para atender o curso de alimentos;

01 Sala de Aula para as Turmas de EAD;

01 Laboratório de informática com 40 computadores e nenhuma carteira;

01 Laboratório de informática com 14 computadores e 20 carteiras universitárias;

01 Cantina – Drika Lanches;

01 Refeitório para atender 100 alunos simultâneos;

01 Biblioteca com exemplares de livros atualizados para atender cursos de nível médio e superior;

Banheiros adaptados para pessoas com necessidades específicas;

Campo experimental para aulas práticas nas áreas de Agronomia, Zootecnia e Meio Ambiente.

Pavilhão Novo

IMG_6041

01 Laboratório de Física;

01 Laboratório de Química;

01 Laboratório de Biologia;

01 Laboratório de Matemática;

01 Laboratório de Desenho Técnico;

03 Laboratórios de Informática;

01 Laboratório de Artes;

09 Salas de Aula com capacidade para 45 alunos;

Banheiros Adaptados para Pessoa com Necessidades Específicas.

 

Setores Administrativo e Pedagógico

O espaço edificado é composto pelos setores administrativo e pedagógico que ficam em alas diferentes. Ambos têm uma estrutura física antiga e estão incluídos no calendário de reforma. Atualmente, possui 24 salas para as atividades administrativa/pedagógica, totalizando630 m².

 

O Pavilhão de Ensino foi totalmente reformado, apresentando instalação hidráulica e elétrica moderna. Conta com sete salas de aula amplas, cada uma com quadro branco, 40 cadeiras universitárias e ótima iluminação.

O local possui também um laboratório de informática, com área de72 m²e 40 computadores, com periféricos e softwares necessários para servir ao curso Técnico em Informática, e como recurso didático para os demais cursos.

Ainda este ano, será montado um laboratório de manutenção de computadores para a realização de pesquisas em arquitetura de computadores. Sua estrutura física tem81 m², com capacidade para atender 40 alunos.

 

O Campus Itapetinga já recebeu os equipamentos necessários para a instalação do Laboratório de Física. O setor será utilizado para pesquisas na área de Física Básica, nos campos de Mecânica, Termologia, Termodinâmica, Eletricidade, entre outras.

Na agenda de obras, a construção da nova cantina possibilitou a melhoria do serviço de venda de alimentos, com local arejado e adequado para acondicionamento de doces e salgados. Já foi iniciada a obra do estacionamento que vai abrigar os veículos e máquinas do Campus, e em fase final, as instalações da sala de professores e a construção do refeitório, com área total de306 m²e capacidade de atendimento diário de 300 pessoas.

Próximos ao refeitório, estão localizados os sanitários masculino e feminino, ambos com área total de36 m². O primeiro possui quatro cabines com vaso sanitário, um mictório e seis banheiros. O segundo, conta com dois banheiros e três cabines com vaso sanitário.

Dentro da área de esporte e lazer, o campus possui um campo de futebol de 2.970,0 m², adequado para a prática desportiva e uma quadra poliesportiva, com extensão de 29 x48 m².

 

Setores de Bovinocultura de Leite e Equideocultura

Ambos localizados na parte mais baixa do terreno, passarão por uma reforma. As instalações incluem a casa de ração, curral, sala de ordenha mecânica e laboratório de reprodução animal, que será ampliado e adequado com uma sala de transferência de embriões (TE).

 

  • Bovinocultura de Leite

Recentemente, foram adquiridas 30 novilhas F1 da raça Girolando. O rebanho, além de abastecer futuramente o refeitório com a produção de leite, será importante para o desenvolvimento de pesquisas e aulas práticas do curso Técnico em Agropecuária, no programa de IATF – Inseminação Artificial em Tempo fixo, melhoramento genético, manejo de ordenha, manejo reprodutivo, manejo nutricional, manejo sanitário e aulas de laticínio.

 

Está prevista ainda para este ano, a aquisição de mais 20 animais, sem raça definida, que também serão utilizados em diversas atividades didático-pedagógicas e treinamentos na área de inseminação artificial.

 

  • Equideocultura

Conta atualmente com um rebanho de nove animais, sendo duas éguas, quatro potros, um cavalo castrado, um reprodutor e um burro. Além de facilitar o manejo do rebanho, o setor possibilita o desenvolvimento de aulas práticas de manejo geral dos animais e noções de equitação.

Está prevista a aquisição de novas matrizes e reprodutores para serem utilizados em trabalhos de pesquisa no laboratório de reprodução animal e, consequentemente, contribuir para o contínuo desenvolvimento das criações da região.

Em futuro próximo será implantada nas dependências do mesmo, um centro de equoterapia, que poderá atender regionalmente as demandas existentes.

 

Setor de Olericultura

A horta escolar é um laboratório vivo para diferentes atividades pedagógicas, além de ser um importante instrumento de educação ambiental. O setor de Olericultura do IF Baiano Campus Itapetinga é relativamente novo, tendo seu início em 25/02/2011. Nele se encontra algumas culturas, como: alface, coentro, couve, beterraba, tomate, melão, entre outras. O setor, além proporcionar um campo para as aulas práticas de agricultura, também abastece o refeitório da própria escola. O excedente da produção é destinado à venda, na própria instituição.

A olericultura, além de facilitar as aulas ministradas pelos professores da área, também serve como campo experimental, como já foi realizado com o plantio de melão. O experimento, tema de dissertação de mestrado de um servidor do Instituto, teve como objetivo testar a eficiência do biofertilizante organomineral na produtividade da cultura.

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano – Campus Itapetinga

Km 02 - Clerolandia, Itapetinga-Bahia, CEP: 45700-000

Tel.: (77) 3261-2213
E-mail: gabinete@itapetinga.ifbaiano.edu.br
Ir para o Topo

icone-lei-acessibilidade-sem-fundo

Lei de Acesso a Informação