Início do conteúdo
Aconteceu, no último sábado (03), no Campus Santa Inês, a XIV Olimpíada Baiana de Química (OBAQ).
Última atualização: 09/08/2019 - 13:55 horas | Data de publicação: 07/08/2019 - 13:24 horas

Segunda Fase da XIV Olimpíada Baiana de Química (OBAQ)

No último sábado, dia 03 de agosto, aconteceu, no Campus Santa Inês a segunda fase da XIV Olimpíada Baiana de Química (OBAQ).

A Olimpíada Baiana de Química (OBAQ) é um evento do Programa Nacional Olimpíadas de Química, promovido pela Associação Brasileira de Química (ABQ) e uma atividade de extensão do Instituto de Química da Universidade Federal da Bahia. Nesta edição 2019, a XIV OBAQ tem o apoio da Fundação Cefet-BahiaSESI-FIEB, Brasilgás, Braskem  e  Dow.

Os objetivos da OBAQ é estimular o ensino, o estudo e a pesquisa no campo da Química, além de incentivar, através do ensino de química, o entrosamento entre professores da Universidade e professores e estudantes das escolas de ensino médio e tecnológico, e, ainda, descobrir jovens com talento e aptidões para o estudo da química.

A primeira fase da OBAQ (Fase I), no Campus , aconteceu dia 29 de maio, por meio de provas escritas e contou com a participação de 50 alunos que, voluntariamente, manifestaram interesse em participar da seleção. Os estudantes mais bem classificados, de acordo com a pontuação, foram inscritos na Fase II, somando-se 24 estudantes, 8 de cada série.  A Fase II, realizada no Campus, dia 03 de agosto, às 14h, contou com a participação de 21 alunos das 1ª, 2ª e 3ª séries dos Cursos Técnicos em Agropecuária, Zootecnia e Alimentos.

Após a seleção da Fase I, os 24 alunos, das 3 séries, foram inscritos oficialmente na OBAQ no portal próprio. A partir daí, foram iniciados encontros com aulas preparatórias. Essas aconteciam sempre às quartas-feiras das 13h30min às 15h10min e contavam com aulas dos professores
Valdinei Santos de Souza, Dalila dos Santos Monteiro e Marciana Benevides da Silva.

Segundo o prof. Valdinei, Coordenador local “a participação de professores e alunos na OBAQ é de extrema importância para o ensino-aprendizagem de química. É a oportunidade que se tem de popularizar o ensino de química e de, talvez, despertar o gosto e aptidão pelo estudo da química. Os alunos são desafiados a mostrar suas competências e habilidades que, de forma despretensiosa e voluntária, são manifestadas tanto no resultado final quanto ao longo do processo.”

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano – Campus Santa Inês

BR 420 (Rodovia Santa Inês – Ubaíra), Zona Rural, Bahia - CEP: 45320-000

Tel.:(73) 3536-1213 | (73) 3536-1214 | (73) 3536-1210
Diretor: Abdon Santos Nogueira
E-mail: gabinete@si.ifbaiano.edu.br
Ir para o Topo