Início do Menu

Notícias Anteriores



Início do conteúdo
Segundo dia do Encontro de Educação a Distância
Categorias: EAD, Eventos |

11/12/2013 às 10h46

Na manhã de ontem, 10 de dezembro, os participantes do II Encontro de Educação a Distancia puderam ouvir experiências sobre a EaD no Instituto Federal Baiano (IF Baiano). Através de uma mesa-redonda, com as professoras Camila Santana, ex-diretora de EaD, Jaqueline Rosa, ex- coordenadora do Pólo Guanambi, e da professora Rosane Dias, ex- coordenadora do Polo Governador Mangabeira, foram abordadas as dificuldades iniciais de implantação da modalidade e as questões que afetam a educação a distancia.

Na sua fala, a professora Camila destacou o histórico da EaD no Instituto e abordou os desafios da ampliação. Hoje, a EaD atende 1.588 alunos em 24 localidades. “Estamos dando oportunidades a muita gente que não tinha, mas não podemos abrir mão do rigor e da qualidade. Estamos dando visibilidade ao Instituto em quase todas as regiões do Estado”, avaliou Camila.

Já a professora Jaqueline Rosa relatou suas experiências no Polo Guanambi e tocou na questão da evasão dos cursos. “São múltiplos os motivos que levam a evasão dos cursos, desde comprometimento do aluno, distância para chegar ao Polo e até dificuldades de acesso e manuseio da plataforma virtual”, apontou. Jaqueline abordou ainda a questão da motivação dos alunos como forma de conter a evasão. “O tutor é um dos atores principais da EaD e uma de suas funções é motivar e, para isso, ele deve estar motivado”, ressaltou.

Rosane Dias, por sua vez, relatou sobre sua experiência como coordenadora do Polo Governador Mangabeira. Ela apontou, como forma de conter a evasão, a necessidade de apoio pedagógico aos estudantes da EaD e de criar o sentimento de pertencimento à instituição. Para isso, ela cogitou a necessidade de reconhecimento dos alunos pelo IF Baiano a despeito da parceria com o IFPR. “Ele [aluno de EaD] tem como contribuir e participar de forma ativa, seja participando de eleição para Conselho Superior, seja de Comissões com presença de estudantes, ou seja, ele tem uma atuação maior dentro da instituição”, pontuou.

Rosane contou que realizava atividades práticas, como visitas técnicas e palestras, o que reforçava o curso e ajudava na identificação do estudante da EaD com o Instituto. “Os tutores representam o IF Baiano em sala de aula, mas precisamos trazer esses alunos para perto da Instituição”.

Para concluir a discussão, o coordenador-geral de polos e mediador da mesa-redonda, professor Marcos Cajaíba, reforçou a importância do Encontro como meio de aproximação entre os agentes da Educação a Distancia. “O Enead traz essa possibilidade de discutir nossa história e de partilhar opiniões e experiências, que, de outra forma, ficariam dispersos em e-mails”, avaliou.

Apresentação de polos e experiências exitosas

No período da tarde, coordenadores ou tutores presentes tiveram o momento de apresentação dos seus respectivos polos – estruturas física e humana; cursos e quantitativo de estudantes; experiências de destaque.

Entre os principais pontos levantados, estiveram: o destaque do polo na região em virtude da ausência de universidade ou colégio modelo (caso de Formoso); visitas técnicas enquanto pilar fundamental da formação (em Catu, por exemplo, estudantes vieram a Salvador para visitarem a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia – ALBA, podendo saber um pouco mais como funciona a instituição e o significado dos seus símbolos); estudante vinculado a projeto de Meio Ambiente integrou-se à equipe do IF Baiano que foi ao Uruguai para participar de um evento de extensão (caso do Campus Governador Mangabeira).

No Polo Mundo Novo, o coordenador Arlênio Fernandes, de forma entusiasmada, pontuou sobre sua satisfação em otimizar o processo de ensino e aprendizagem seja pela infraestrutura, pela qualidade no atendimento individual aos alunos e ainda pela realização de momentos de confraternização para que eles estabeleçam uma identidade com o Instituto. “Acreditamos que podemos ofertar ensino de qualidade e buscar excelência no que fazemos”, afirmou Arlênio.

Em Pintadas, os estudantes de Meio Ambiente e Eventos realizaram projetos com a população do município (no ano passado, por exemplo, fizeram a decoração da cidade e ministraram oficinas e palestras para a comunidade). Num evento, eles mostraram pelas palestras sobre o desafio das pessoas com deficiência no mundo do trabalho e a importância da gestão ambiental, comentou a tutora Zildeni Dias em sua fala. “Esse é nosso sonho, nossa luta”, reforçou a coordenadora Julieta.

Leia mais:

II Encontro de Educação a Distância reúne tutores, gestores e coordenadores de polo em Salvador

II Encontro de Educação a Distância acontecerá na próxima semana

Ascom/Reitoria

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano – IF Baiano

CNPJ: 10.724.903/0001-79 Endereço: Rua do Rouxinol, nº 115 – Bairro: Imbuí | Salvador - BA CEP: 41720-052 | Telefone: (71) 3186-0001
Reitor: Geovane Barbosa do Nascimento | E-mail: gabinete@ifbaiano.edu.br / faleconosco@ifbaiano.edu.br
Ir para o Topo