BOLETIM ELETRÔNICO DO INSTITUTO FEDERAL BAIANO
Tabuleiro IF Baiano FacebookFlickrTwitterYoutube
Nº 9 - Ano 2 - Fevereiro de 2012 
 
 

Retomadas as obras de construção do Campus Bom Jesus da Lapa

A previsão de conclusão é de 06 meses

Após assumir o projeto de construção da sede do Campus Bom Jesus da Lapa, o IF Baiano assinou, em 02 de dezembro de 2011, um Contrato Administrativo (n°. 11/2011) com a empresa MVC LTDA. Dezessete dias depois, os trabalhos foram retomados.

O acordo também engloba quadra poliesportiva e cerca perimetral. Além disso, a administração do IF Baiano nesse Campus contratou profissionais especializados em serviços de limpeza e trato cultural para cuidar das diversas árvores frutíferas já existentes no local.   

O projeto de construção teve início oficial no dia 08 de outubro de 2009, sob a responsabilidade do Instituto Federal da Bahia (IFBA), já que o Campus fazia parte dessa instituição. Conforme. A data prevista para o término da obra era para o dia 08 de março de 2010.

Infelizmente, ocorreu uma paralisação quando a Engerou Construções Ltda era a responsável pela execução das obras. “A empresa (Engerou Construções Ltda) quebrou o contrato firmado com o IFBA. Os prazos não estavam sendo cumpridos, os operários da construtora alegavam falta de pagamento dos salários e a empresa tinha vários problemas com fornecedores”, explica o diretor desse Campus do IF Baiano, Prof. Ariomar Rodrigues. Logo após a rescisão do contrato, publicada no Diário Oficial da União de 27/08/2010, as demais empresas participantes do primeiro processo licitatório foram convocadas. Contudo, não houve o interesse de nenhuma delas em assumir o projeto.

Em 2010, a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) integrou o Campus de Bom Jesus da Lapa ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano). Ainda em março desse mesmo ano, o IF Baiano oficializou a direção do Campus.Desde esse período, as atividades pedagógicas começaram a ser realizadas em um prédio cedido pela prefeitura municipal de Bom Jesus da Lapa, e as atividades administrativas ficaram concentradas em um espaço locado pelo IF Baiano, nessa cidade.

Entretanto, devido aos entraves burocráticos, somente em 2011 foi oficializada a responsabilidade de reorganização dos trabalhos de edificação da unidade, reabrindo os trâmites para a contratação da nova empresa construtora.  Com a construção da sede própria do Campus de Bom Jesus da Lapa, serão ofertados para a comunidade mais cursos técnicos nas áreas de Edificações, Turismo, Agricultura, Química e Informática, e cursos superiores nas áreas de Engenharia Civil e Informática. O IF Baiano Campus Bom Jesus da Lapa realizou o seu terceiro processo seletivo, e em 2012 contará com 240 alunos do curso técnico subsequente em Informática. A previsão de conclusão das obras é de 06 meses.



Foto: Campus Bom Jesus da Lapa




1.275 aprovados no Processo Seletivo EaD 2012



Foram 1.275 candidatos aprovados no Processo Seletivo da Educação à Distância 2012 do IF Baiano.  Mais de 6.570 inscritos concorreram às vagas destinadas aos 24 pólos em todo o estado.


O Processo Seletivo foi realizado em uma única fase, que correspondeu à avaliação curricular do Ensino Médio nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Os estudantes aprovados começam as aulas no primeiro semestre de 2012. As aulas presenciais ocorrerão uma vez por semana. O local, dia e horário respectivos à opção de curso do candidato foram especificados em editais publicados.


O Projeto EaD faz parte de um convênio entre o IF Baiano e o Instituto Federal do Paraná (IFPR) para o acesso democrático da comunidade à educação, a partir de suportes digitais na Internet.  Os cursos ofertados são: Técnico em Serviços Públicos, Técnico em Eventos e Técnico em Administração.


O IF Baiano realizou seleção de servidores do IF Baiano para atuarem como tutores das aulas presenciais. Os contratados receberão uma bolsa mensal de R$ 750, 00 e deverão se dedicar 12 horas semanais nas aulas presenciais – os horários não poderão divergir com o expediente efetivo no Instituto.


Confira o resultado dos servidores selecionados para atuarem como tutores aqui


Criada a nova Comissão de Ética do IF Baiano

Foi criada a nova Comissão de Ética do IF Baiano, no dia 25 de janeiro de 2012, através da Portaria nº 74/2012. O grupo é composto por três titulares e mais três suplentes – todos são servidores do Instituto, sob a presidência da Assistente Social Zildeni Martins de Oliveira.  

Com mandato de 1 e 3 anos (conforme o cargo ocupado), a Comissão tem como função primordial garantir o cumprimento do Código de Ética Profissional do Servidor Público Federal e do Código de Conduta dos Servidores.

Veja os nomes da nova Comissão de Ética do IF Baiano aqui


Foram eleitos os Coordenadores de curso do Campus Catu


A eleição ocorreu no dia 18 de janeiro e contou com a participação de 146 eleitores, divididos pelos cursos de: Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio; Técnico em Alimentos Integrado ao Ensino Médio; Técnico em Química Integrado ao Ensino Médio; Técnico em Cozinha Integrado ao Ensino Médio -PROEJA; Técnico em Agropecuária -Subsequente; Técnico em Agrimensura – Subsequente; Técnico em Produção e Operação de Petróleo- Subsequente. 

Os candidatos eleitos, respectivamente, para cada curso, foram os seguintes:

Veja a tabela completa da apuração dos votos aqui

 

IF Baiano já se organiza para viabilização do Pronatec

As aulas do programa iniciarão em abril desse ano

Além de ministrar cursos amparados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico, o IF Baiano é uma das instituições 'acreditadoras' do Pronatec na Bahia. Uma equipe do IF Baiano avaliará e intermediará a concessão do convênio entre as Instituições de Ensino Privadas e o Ministério da Educação (MEC) para a habilitação do Fundo de Financiamento aos estudantes que desejam obter formação técnica e profissionalizante (FIES Técnico). Em março de 2012, o IF Baiano começará a visitar inloco as instituições interessadas.

O Pronatec integra a proposta do Governo Federal em expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos técnicos e cursos profissionais de nível médio e de formação iniciada e continuada para trabalhadores. Na Bahia, os cursos serão ofertados por: Instituições de Ensino Privadas, através do FIES Pronatec; pelas Instituições Públicas de Ensino do Estado, via parcerias firmadas com o Governo Federal; e também pelo IF Baiano, que disponibilizará sua estrutura pedagógica, além administrar o programa e intermediar as instituições e os agentes participantes.   

Para otimizar suas políticas destinadas ao programa, o IF Baiano formou o ComitêGestordoPronatec. Trata-se de um grupo composto por um representante de cada Pró-reitoria mais um diretor geral do IF Baiano com responsabilidade consultiva e deliberativa. O Comitê irá representar o IF Baiano no planejamento e na execução de ações relacionadas estritamente ao programa. A Normatização Interna do Pronatec foi constituída no intuito de legitimar o processo de viabilização do programa nas instituições envolvidas.

A Pró-reitoria de Extensão já anuncia que fará duas seleções: uma será destinada a contratação de servidores da Reitoria e dos campi para as funções de apoio administrativo e orientadores das ações do Pronatec; e a outra pretende avaliar candidatos servidores do IF Baiano para atuarem como professores do Pronatec. Os convocados receberão uma bolsa financeira pelos trabalhos prestados. Os editais estão sendo lançados no mês de fevereiro.

Confira a chamada interna para seleção de servidores que atuarão como bolsista aqui




'Mulheres Mil' dá os primeiros passos

As aulas efetivas do programa começaram no mês de janeiro e o IF Baiano já firma parcerias

Após a realização de reuniões, palestras e aulas inaugurais, no último mês de dezembro, o ‘Mulheres Mil’ iniciou o calendário regular em janeiro desse ano. O programa faz parte da política de inclusão social e igualdade de gênero, sob a coordenação da Pró-reitoria de Extensão (PROEX) do IF Baiano, desenvolvida nos Campi de Santa Inês, Uruçuca e Valença.

Ao todo, são 300 mulheres - 100 por cada Campus - beneficiadas com cursos de capacitação do IF Baiano. O objetivo maior do ‘Mulheres Mil’ é o aproveitamento de saberes e capacitação técnica das agentes envolvidas. Os cursos incluem as especialidades de Processamento de Alimentos e Economia Doméstica e possuem uma duração média de seis meses.

O público alvo do programa são mulheres em situação socioeconômica vulnerável, principalmente com dificuldades de acesso a emprego e a renda.  Comprovada a carência financeira, a aluna recebe uma bolsa mensal como incentivo à adesão e permanência no curso, com valores entre R$ 80,00 e R$ 100,00, proporcionais à carga horária respectiva, que varia entre 160 e 200 horas.   

As interessadas podem se informar sobre o cadastramento/inscrição do processo seletivo procurando os Núcleos de Extensão de cada Campus do IF Baiano que desenvolve o programa. “Em breve, ampliaremos nossas formas de comunicação, a exemplo de blog e boletins informativos, no sentido de qualificar nosso diálogo com a comunidade”, afirma a coordenadora estadual do ‘Mulheres Mil’, Mércia Xavier. 

Além disso, o IF Baiano tem feito parcerias com gestores públicos das cidades onde ficam os campi em que o ‘Mulheres Mil’ acontece, e também com municípios de regiões vizinhas. Nos próximos dias 06 e 07 de fevereiro, representantes da SecretariaEstadual de Políticas para as Mulheres (SPM/BA) visitaram o Campus de Uruçuca e estão formalizando com o IF Baiano convênio de políticas públicas destinadas ao programa.



Foto: aula inaugural e cerimônia de abertura do 'Mulheres Mil', em auditório do Campus Uruçuca

Eventos do IF Baiano discutem sobre Educação

I Fórum de Licenciaturas: Construindo Nossa Identidade


O evento aconteceu no Campus Catu entre os dias 06, 07 e 08 de fevereiro. Teve o apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), a partir do Programa de Consolidação das Licenciaturas (PRODOCÊNCIA). Estiveram presentes professores, representantes de diretorias e colegiados dos Campi e das Pró-Reitorias, representantes discentes, técnicos em assuntos educacionais e especialistas em educação, do IF Baiano e de outras Instituições de Ensino.

O objetivo inicial foi entender e mapear a relação entre o currículo disciplinar de estudos, a natureza social e pedagógica de uma instituição de ensino – inclusive do IF Baiano – e suas contribuições na formação de professores e profissionalização de sujeitos. E a finalidade maior foi realizar uma proposta de Base Comum para os projetos dos cursos de licenciatura do IF Baiano, todavia, levando-se em consideração as particularidades das regiões em que seus campi estão inseridos.

Após o relato de experiências e fundamentações, os participantes do I Fórum de Licenciaturas do IF Baiano assinaram uma Carta Pública. O documento formaliza um conjunto de demandas existentes e elenca políticas, princípios e ações de estruturação e valorização da docência no Instituto.

Para maiores detalhes sobre o evento, clique aqui


I Colóquio de Práticas Pedagógicas


O evento foi organizado pelos discentes do curso de Licenciatura em Química, do Campus Catu, e dividido em dois momentos: o primeiro ocorreu no dia 28 de janeiro, e o segundo aconteceu no dia 11 de fevereiro, no Campus Catu. O objetivo foi compartilhar saberes e práticas da docência universitária, e promover a conscientização para a valorização. Professores convidados realizaram palestras no Colóquio, promovendo diálogos e discussões pertinentes aos temas abordados.

Curso de inglês será ofertado para servidores

A iniciativa faz parte do projeto Preparando o IF Baiano para a Internacionalização/ Educação sem Fronteiras, sob a coordenação da Pro-reitoria de Desenvolvimento Institucional (Prodin). O período de inscrições para participar dos cursos é de 09 a 23 de fevereiro de 2012. Poderão se inscrever servidores ativos do IF Baiano. Os interessados devem encaminhar ficha de inscrição e termo de compromisso preenchidos e assinados, além de documentação comprobatória conforme chamada interna, para o e-mail:

internacionalizacao@ifbaiano.edu.br


IF Baiano desponta nas Redes Sociais da Internet

São mais de 1.200 facers conectados na página do IF Baiano

Na primeira quinzena de fevereiro, o perfil do IF Baiano na Rede Facebook atingiu mais de 1.200 contatos. Até outubro do ano passado, eram pouco mais de 300 facers que mantinham “vínculo on-line” com o Instituto. O IF Baiano tem usado, estrategicamente, essa ferramenta interativa da WEB, garantindo excelentes resultados.         
           
Por se tornar mais acessível que muitos outros suportes midiáticos, a Internet vem alterando os níveis de comunicação entre indivíduos e entre instituições, e diminuindo as fronteiras do espaço e do tempo. Com a emergência das chamadas RedesSociais (inseridas na NET), cada usuário adquire um poder ainda mais incisivo e recíproco de influência, de acordo com suas necessidades e identificações.  È nesse espaço legítimo de expressão e autonomia para a diversidade que o IF Baiano tem “postado” e afirmado sua política de integração institucional e social, se apresentando transparente nas suas ações.

As Redes Sociais propiciam oportunidades para que esta “Rede Federal” se estenda além dos campi e da própria Reitoria. Têm sido o canal mais próximo, eficaz e instantâneo de diálogo com a comunidade e com outras instituições. Seja você, também, um membro virtual da nossa Rede OnLine. Visite os endereços dispostos abaixo. Curta e compartilhe você também.

 http://www.facebook.com/ibaiano
https://twitter.com/ifbaianooficial
http://www.flickr.com/photos/ifbaiano 


F�rum Mundial

www.ifbaiano.edu.br

ascom@ifbaiano.edu.br