Boletim eletrônico do
Instituto Federal Baiano
Ano 2015 | Nº 22 | Dezembro de 2015

IV Mic

IV Mostra de Iniciação Científica: ciência rompendo
as fronteiras do campo acadêmico

Entre os dias 18 e 21 de novembro, o Centro de Convenções de Ilhéus foi cenário de pesquisa, inovação e criatividade, sediando a IV Mostra de Iniciação Científica do Instituto Federal Baiano.

Realizada em parceria com a I ExpoIND Bahia, a quarta edição da Mostra de Iniciação Científica do IF Baiano abriu seus trabalhos destacando a importância do diálogo entre a produção científica do campo acadêmico e o setor produtivo. De acordo com o Coordenador Geral da IV MIC, Agnaldo Freire o evento significou a “possibilidade de estarmos juntos de segmentos produtivos importantes de todos os portes”. Ele também ressaltou que as “empresas precisam de um braço estendido [para a academia] para que soluções aconteçam principalmente nesse ambiente de crise que o país atravessa”.

Foto: M21 Comunicação e Marketing

Estudantes, comunidade e representantes das instituições participantes marcam presença na solenidade de abertura do evento


A Mostra de Iniciação Científica é um marco para os alunos do Instituto Federal Baiano, pois é o momento de mostrar à comunidade os resultados das atividades desenvolvidas durante todo o ano letivo. Durante os quatro dias, o evento reuniu trabalhos científicos de estudantes de nível superior e médio técnico e bolsistas do CNPq. Segundo o diretor acadêmico do Campus Uruçuca, Daniel Oliveira, “hoje, a Mostra congrega o tripé existente dentro do instituto: ensino, pesquisa e extensão. Há uma série de trabalhos que eles conseguem desenvolver durante o ano e com a Mostra é possível que eles socializem essa produção”, afirmou.

Múltiplas atividades: diversas formas de compartilhar conhecimento

Oficinas Práticas, Minicursos, Palestras, Apresentação de trabalhos científicos, Atividades Culturais. Com a proposta de tornar a Mostra um evento plural e antenado com as possibilidades do mercado para quem está no caminho da educação profissional, a organização da IV MIC montou uma vasta programação, abrangendo temas ligados a informática, agricultura, administração, desenvolvimento industrial, dentre outros.

Oficinas E-Tec

Com a Mostra sendo realizada na Zona do Cacau, a produção de chocolate não poderia estar ausente da programação. Durante o evento, a oficina “Do Cacau ao Chocolate”, ministrada por professores do Campus Uruçuca, capacitou alunos e produtores locais com o ensino de técnicas para a melhoria da produção do alimento. O produtor de cacau, José Gonçalves, que participou da atividade, falou sobre a possibilidade de dobrar sua lucratividade a partir das dicas adquiridas. “Aprendemos técnicas que são interessantes como a não-utilização de barcaças grandes para fazer a manutenção do cacau, além de maquinários que são interessantes para a gente trabalhar”, exemplificou.

Outras oficinas práticas abordaram a área de informática e tiveram como temas Manutenção de Notebooks, Instalação de Linux Fedora e Desenvolvimento de Jogos Computacionais. O aluno do curso técnico em Informática, Luiz Felipe de Oliveira, aproveitou a oficina para relembrar conceitos que aprendeu em sala de aula: “O conhecimento que a gente absorve aqui é bem válido para nossa vida em geral. Por exemplo, você vai poder saber quando precisa mandar seu notebook para manutenção ou não”.

Minicursos e Palestras

Palestras, minicursos e mesas redondas foram oferecidas gratuitamente para os participantes do evento. Uma das temáticas que chamou a atenção do público foi a área de desenvolvimento de jogos digitais. “Os primeiros jogos estão se destacando agora no Brasil. A área de jogos, além de ser uma paixão, é um hobby que pode se tornar em um emprego. Então, a pessoa pode atuar na área de desenho, modelagem 3D, programação, roteiro”, comentou o desenvolvedor de games e ministrante da palestra, Francisco Fontes, sobre as possibilidades para quem deseja adentrar nesse mercado.

Apresentação de Trabalhos Científicos

Mais de 200 trabalhos foram apresentados durante a IV MIC. O número superou as expectativas da organização. Segundo o coordenador Agnaldo Freire, as pesquisas científicas representam o eixo central da Mostra. “Bolsas concedidas pelo CNPq são utilizadas no desenvolvimento de projetos de pesquisa e esses projetos precisam ser avaliados anualmente para que o CNPq verifique a possibilidade de ampliação ou, pelo menos, manutenção a partir dos resultados que são apresentados”, explica.

Além de alunos do IF Baiano, estudantes de outras instituições apresentaram seus trabalhos na MIC. É o caso de Suzana Pereira, do Centro de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação Álvaro de Melo Vieira (CEEP-AMEV) de Ilhéus, que junto com outros colegas desenvolveram o projeto de um jogo didático para o ensino do Ciclo da Água para alunos do ensino básico. “Nós criamos o game designer, que é o pré-projeto do jogo virtual, onde constam as regras, a jogabilidade, os bônus, ou seja, toda a criatividade do jogo”, contou a estudante sobre o status atual da pesquisa.

Programação cultural

Teatro, Cinema, Música. Atividades culturais não ficaram de fora da programação da MIC, com a realização de oficinas, peças teatrais e exibição de curtas. Ministrante de uma oficina de Teatro para Iniciantes, Iara Colina, destacou o tema dessa edição da Mostra e sua relação com a arte e ciência: “A criatividade é bem-vinda em todos os campos do conhecimento. Cada vez mais a gente tem uma proposta interdisciplinar no ensino, então essa possibilidade de trabalhar outros conhecimentos através da arte enriquece muito e facilita o aprendizado”.

Foto: M21 Comunicação e Marketing

Equipe responsável pela organização da IV MIC


IV MIC em números!

 

1277
inscritos

 

110
municípios do estado presentes, além de representantes de SE, AL, RN, ES e MG
980
credenciados e presentes no evento
226
trabalhos submetidos

 

200
trabalhos apresentados

 

19
palestras e mesas redondas
34
oficinas e minicursos técnicos
06
oficinas culturais


 

Expediente:
Instituto Federal Baiano (IF Baiano)
Assessoria de Comunicação (Ascom/Reitoria)
Textos: Bianca Brito
Revisão: Vanina Sá
Diagramação: Pedro Fernandes
E-mail: ascom@ifbaiano.edu.br
Twitter: ifbaianooficial
Facebook: IF Baiano
Blog: http://ifbembaiano.blogspot.com.br/
Fale Conosco: faleconosco@ifbaiano.edu.br

2015 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano – IF Baiano
CNPJ: 10.724.903/0001-79 Endereço: Rua do Rouxinol, nº 115 – Bairro: Imbuí | Salvador-BA CEP: 41720-052 | Telefone: (71) 3186-0011/ 0011 Reitor: Geovane Barbosa do Nascimento E-mail: gabinete@ifbaiano.edu.br / faleconosco@ifbaiano.edu.br
Ministério da Educação, Governo Federal