Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano




Combate ao Coronavírus

ACESSE AQUI
Campus Guanambi conquistou premiação da Associação Brasileira da Raça Santa Inês
Atualizado em 16 de maio de 2024 às 13:22 horas | Publicado em 9 de maio de 2024 às 19:37 horas

Desde sua inauguração, há quase 30 anos, o Instituto Federal Baiano, Campus Guanambi, investe na criação de caprinos e ovinos em suas unidades educativas de campo. A atividade tem o objetivo de subsidiar aulas práticas dos cursos técnicos e superiores e projetos de pesquisa e extensão sobre manejo e melhoramento genético das raças.

Em 2016, por meio de parcerias com criadores da região, o rebanho ovino ganhou reforço com animais puros de origem (PO), da Raça Santa Inês. A partir daí, no ano seguinte, a instituição começou a registrar os animais nascidos no Campus junto à Associação Brasileira de Santa Inês (ABSI), dando início ao melhoramento genético do rebanho.

O trabalho de seleção da raça, coordenado pelo Técnico em Agropecuária Ancilon Araújo Júnior, que também é coordenador das Unidade Educativas de Campo (Cuec) do Campus, tem resultado em avanços significativos para a melhoria da atividade na região.

Foto: IF Baiano – Campus Guanambi

O fruto deste esforço foi coroado com o título de 3º melhor Novo Criador Nacional do ano de 2023, com premiação concedida durante a Expo Brasil – Nacional da Raça Santa Inês, realizada na programação da 17ª Exposição Especializada em Ovinos e Caprinos de Sergipe, na cidade de Lagarto, entre os dias 23 e 28 de abril deste ano.

Na avaliação de Ancilon, o resultado tem uma importância significativa para a instituição, pois referenda a escolha de investir no aprimoramento de uma atividade muito importante para todo o Nordeste e outras regiões do país, valorizando uma raça de grande aptidão para as áreas semiáridas. Além disso, o reconhecimento reforça o papel do Instituto Federal Baiano como um centro de excelência em pesquisas agropecuárias, contribuindo diretamente para o desenvolvimento sustentável da pecuária local e fortalecimento da economia regional.

Além do título pela ABSI, o rebanho ovino Santa Inês do Campus Guanambi vem se destacando em outras exposições na Bahia e em outros estados, como na Exposição Nacional em Maceió, Alagoas, em 2023, fazendo uma dobradinha do 1º e 2º lugar na segunda categoria de fêmeas.

Raça Santa Inês

A raça de ovinos Santa Inês é uma raça brasileira, originária do Nordeste, particularmente do estado da Bahia. Ela se destaca por ser deslanada, ou seja, não possui lã, o que é uma vantagem para climas mais quentes e úmidos como o do Brasil. Essa característica torna a raça mais adaptável e resistente às condições climáticas tropicais e às doenças típicas dessas regiões.

Os ovinos Santa Inês são principalmente criados para a produção de carne, sendo conhecidos pela qualidade e sabor do seu produto. Possuem boa taxa de crescimento e excelente capacidade reprodutiva. De porte médio a grande, os animais têm pelagem que varia entre branco, marrom e preto, frequentemente com manchas.

Além disso, a raça é conhecida pela sua rusticidade e facilidade de manejo, sendo uma das preferidas entre os criadores brasileiros para a produção de carne em regiões tropicais. A adaptabilidade aos sistemas de produção extensivos e semi-intensivos também é um ponto forte dos Santa Inês.

Essas características tornam a raça Santa Inês uma escolha popular e eficaz para a ovinocultura no Brasil.

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano – Campus Guanambi
Zona Rural - Distrito de Ceraíma, Bahia - CEP: 46430-000

Tel.: (77) 3493-2100
Diretor: Carlito José de Barros Filho
E-mail: gabinete@guanambi.ifbaiano.edu.br

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano

Reitoria: Rua do Rouxinol, nº 115, Imbuí, Salvador-BA. CEP: 41720-052. CNPJ: 10.724.903/0001-79 Telefone: (71) 3186-0001 | E-mail: gabinete@ifbaiano.edu.br